Guedes sinaliza que poderá manter Auxílio Brasil de R$ 600 em 2023

O Ministro da Economia, Paulo Guedes, falou pela primeira vez sobre a situação do valor do Auxílio Brasil. Durante um evento da XP Investimentos nesta quarta-feira (3), o Ministro disse que poderá manter o depósito do programa na casa dos R$ 600. Entretanto, ele disse que seria preciso aprovar a chamada Reforma Tributária.

“É possível dar um auxílio de 600? Ou fazer reajuste da tabela de Imposto de Renda? A resposta já está na reforma tributária”, disse Guedes no evento.

Esta não é a primeira vez que o chefe da pasta econômica fala sobre a reforma do Imposto de Renda. Em 2021, o Ministro tentou convencer os parlamentares a votarem no texto, mas o documento não avançou.

Em entrevistas recentes, o presidente Jair Bolsonaro (PL) disse que manteria o valor de R$ 600 no Auxílio Brasil, considerando que ele seja reeleito este ano. Ele, aliás, chegou a dizer que já tinha conversado sobre o assunto com o Ministro Paulo Guedes.

Além de Bolsonaro e do seu Ministro da Economia, Paulo Guedes, outros pré-candidatos também falaram sobre o assunto. O ex-presidente Lula (PT), por exemplo, também já disse em entrevistas que manterá o valor do benefício na casa dos R$ 600 caso vença as eleições presidenciais no próximo mês de outubro.

Hoje, a PEC dos Benefícios prevê os pagamentos de R$ 600 do Auxílio Brasil apenas até o final deste ano de 2022. Dessa forma, o saldo turbinado com o adicional de R$ 200 conta apenas com cinco liberações programadas. Qualquer repasse além destas, ainda depende das decisões orçamentárias do próximo Governo Federal.

Auxílio Brasil

Com dito, os pagamentos turbinados do Auxílio Brasil terão início já neste mês de agosto. Na próxima semana, as liberações começarão no dia 9, para os usuários com o Número de Identificação Social (NIS) final 1.

Confira o calendário detalhado deste mês:

9 de agosto: Usuários com NIS final 1
10 de agosto: Usuários com NIS final 2
11 de agosto: Usuários com NIS final 3
12 de agosto: Usuários com NIS final 4

15 de agosto: Usuários com NIS final 5
16 de agosto: Usuários com NIS final 6
17 de agosto: Usuários com NIS final 7
18 de agosto: Usuários com NIS final 8
19 de agosto: Usuários com NIS final 9

22 de agosto: Usuários com NIS final 0

Esta será a primeira vez que o Governo Federal pagará os valores do Auxílio Brasil na primeira quinzena de um mês. Até aqui, as liberações aconteciam sempre nos 10 últimos dias úteis de cada mês. Em agosto, o Ministério da Cidadania estima que mais de 20 milhões poderão receber o benefício.

×
App O Trabalhador
Aplicativo O Trabalhador
Grátis - Na Google Play
VER