3 motivos pelos quais é importante conferir o extrato CNIS

CNIS é a sigla para Cadastro Nacional de Informações Sociais, que é um banco de dados do governo federal que registra informações trabalhistas e previdenciárias de todos os trabalhadores brasileiros. Essas informações são consultadas através do extrato CNIS.

O extrato CNIS ou extrato previdenciário é um demonstrativo que relaciona todos os vínculos trabalhistas e previdenciários que constam no Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS).

É por essa conferência que o INSS comprova todas as contribuições sociais vinculadas a um CPF (Cadastro de Pessoa Física). Esses valoresutiliza-se para o cálculo da aposentadoria, por exemplo. 

Que informações o extrato CNIS tem?

O extrato CNIS contém informações como o nome do empregador, o período trabalhado e a remuneração recebida. Além disso, é por meio deste documento que os valores pagos, a partir da Guia da Previdência Social (GPS), também podem ser confirmados.

Embora muitas dessas informações constem no contracheque, holerite ou ainda na carteira de trabalho, é sempre recomendável consultar o que efetivamente foi pago ao INSS. 

Por que conferir o extrato CNIS é tão importante?

Como a consulta ao CNIS pode ser realizada a distância e a qualquer momento, é recomendado conferir essas informações sempre que possível. Entenda os principais motivos, de forma muito clara e objetiva:

  1. Conferência da contribuição social

Todas as contribuições sociais realizadas devem constar no extrato CNIS. Do contrário, é necessário avaliar porque os valores não foram pagos.

Se a empresa descontou o valor do holerite e do salário, mas não recolheu a GPS, pode ser acionada judicialmente. A dívida previdenciária será calculada com o valor presente e, portanto, além do valor devido anteriormente será acrescido de multas e encargos adicionais.

Os contribuintes individuais que não fizerem o pagamento na data do vencimento ou que deixaram de recolher a GPS durante um período, devem consultar um contador de sua confiança.

  1. Aprovação do benefício

A aposentadoria, assim como o acesso aos demais benefícios é um direito. No entanto, existem alguns pré-requisitos que são necessários, da parte do futuro segurado, para ter o pagamento garantido.

Dependendo do tipo de benefício pleiteado é preciso ter idade e/ou tempo de contribuição mínimos, por exemplo. Por conta disso, acompanhar se o pagamento das contribuições está regular traz mais segurança.

  1. Valor da aposentadoria

As alíquotas das contribuições previdenciárias são aplicadas sobre o salário de cada indivíduo e têm faixas específicas. O valor muda conforme o tipo de contribuição, ou seja, perfil da pessoa contribuinte.

Não só o recolhimento é importante. Saber o valor é também importante, pois  isso interfere diretamente no valor do benefício que será emitido.

Logo, conferir frequentemente o extrato CNIS pode ajudar na confirmação dos pagamentos, bem como estima ainda o valor do benefício futuro.

Como acessar o CNIS pela internet?

O segurado pode acessar o extrato previdenciário — CNIS pelo site ou aplicativo Meu INSS (Android ou iOS). Nesse sistema, é possível acessar, salvar em PDF ou imprimir.

No Meu INSS (site ou aplicativo), você deve seguir os seguintes passos:

  • acesse o site meu.inss.gov.br ou baixe o aplicativo para Android ou iOS;
  • clique em “entrar com gov.br” e digite seu CPF para entrar ou criar sua conta (caso ainda não tenha cadastro); 
  • digite na caixa de pesquisa a palavra “extrato” e clique na opção “Extrato de Contribuições (CNIS)”.

Se o segurado encontrar erros nas informações do extrato CNIS, pode pedir a atualização dos dados pelo sistema Meu INSS. Isso pode até elevar o valor final da aposentadoria. Por isso, fique esperto!

Em caso de dúvidas, o segurado pode ligar para a Central de Atendimento do INSS pelo telefone 135. O serviço está disponível de segunda a sábado das 7h às 22h (horário de Brasília).

×
App O Trabalhador
Aplicativo O Trabalhador
Grátis - Na Google Play
VER