Auxílio Brasil: veja como funcionará o pagamento de R$ 800

Em entrevistas recentes, o presidente Jair Bolsonaro (PL) vem dizendo que poderá pagar um Auxílio Brasil no valor de R$ 800. A promessa está gerando uma certa curiosidade entre os usuários do programa social. Embora não tenha dado mais detalhes sobre o adicional, é possível adiantar alguns pontos da ideia.

Em primeiro lugar é importante frisar que mesmo considerando um cenário em que Bolsonaro seja eleito e cumpra a promessa, nem todos os usuários do Auxílio Brasil poderiam ganhar o patamar de R$ 800. A ideia geral é fazer as liberações apenas para as pessoas que conseguirem um emprego formal.

O Governo Federal argumenta que boa parte dos usuários de programas sociais não conseguem um emprego porque possuem um certo medo de perder o benefício. Não há dados que comprovem esta teoria, muito comum no imaginário popular. De todo modo, o plano do poder executivo é seguir com a ideia.

Também é importante lembrar que esta ideia não é nova. Quando criou o Auxílio Brasil ainda no final de 2021, o Governo Federal anunciou que pagaria este adicional de R$ 20o para as pessoas que conseguissem um emprego. Contudo, até aqui não há nada regulamentado e ninguém está recebendo o adicional na prática.

Considerando que o presidente siga a promessa original, é possível dizer que o Auxílio Brasil de R$ 800 somente seria pago para os usuários que conseguirem um emprego formal e que, mesmo com o novo emprego, tenham uma renda per capita de até R$ 525. Ao passar desta marca, o cidadão não receberia o adicional e seria excluído do benefício.

Acúmulo

Em entrevista recente, o presidente explicou que a ideia é permitir que o cidadão consiga acumular os diferentes valores. Afinal de contas, o salário que ele conseguiu receber não seria um impeditivo para que os cidadãos pegassem o Auxílio.

Assim, ao conseguir um emprego, o usuário poderia seguir recebendo os R$ 600 do Auxílio Brasil, pegaria também os R$ 200 do adicional e poderia receber também o salário do emprego. Estamos falando, portanto, de três saldos diferentes.

Está confirmado?

O Auxílio Brasil de R$ 800 ventilado por Bolsonaro ainda está no campo das hipóteses, de modo que não há nenhuma documentação oficial que aponte para a liberação deste novo saldo a partir do próximo ano.

Isto não quer dizer, no entanto, que o presidente esteja necessariamente mentindo. Em tese, em caso de reeleição, ele poderá regulamentar a promessa. Até aqui não há nenhuma confirmação oficial neste sentido.

×
App O Trabalhador
Aplicativo O Trabalhador
Grátis - Na Google Play
VER