INSS: veja como solicitar bloqueio do consignado

Consignado é uma espécie de empréstimo liberado aos usuários do INSS. Mas nem todos os segurados querem solicitar
- Anúncio -

Você já ouviu falar em consignado? Trata-se de uma espécie de empréstimo voltado a alguns públicos específicos. A ideia é que o cidadão solicite o dinheiro, e logo depois precise pagar o saldo na forma de descontos mensais nas parcelas do seu benefício.

Segurados que fazem parte do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), por exemplo, podem solicitar o consignado em suas contas. Nos últimos anos, este sistema de empréstimo passou a se tornar muito popular. Mas o fato é que muita gente não quer realizar nenhum tipo de solicitação.

- Anúncio -

Se você faz parte do grupo de cidadãos que não quer solicitar o consignado, e não quer correr o risco de ter seu nome inserido sem permissão, a dica é bloquear esta possibilidade. Este procedimento pode ser feito sem precisar sair casa.

Como bloquear entrada 

Abaixo, você pode conferir um passo a passo para bloquear sua entrada em consignados do INSS. Para tanto, basta abrir a sua conta no aplicativo do Meu INSS.

Destaques sobre *** por e-mail

  • Entre no Meu INSS;
  • Clique no botão “Novo Pedido”;
  • Digite “bloquear”;
  • Na lista, clique no nome do serviço/benefício;
  • Leia o texto que aparece na tela e avance seguindo as instruções.

“Caso o beneficiário identifique empréstimos não solicitados em seu benefício, ele deve acessar o site do Consumidor e registrar a reclamação. Este site é mantido pela Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon), do Ministério da Justiça, que desde 2019 cuida deste tipo de situação”, diz o INSS

Por outro lado, se você está pensando em solicitar um consignado, o caminho é o mesmo. Neste caso, é preciso entrar no Meu INSS, e clicar na opção desbloquear.

  • Entre no Meu INSS;
  • Clique no botão “Novo Pedido”;
  • Digite “desbloquear”;
  • Na lista, clique no nome do serviço/benefício;
  • Leia o texto que aparece na tela e avance seguindo as instruções.

Projeto sobre consignado

Recentemente, a Comissão de Direitos Humanos (CDH) do Senado Federal aprovou um projeto de lei que estabelece multas para as instituições financeiras que liberarem o empréstimo consignado sem autorização.

Tal projeto já foi aprovado pela Câmara dos Deputados, e prevê de uma maneira geral, que o banco só pode liberar o consignado nos casos em que o aposentado ou o servidor público expressem claramente a autorização para esta liberação.

O texto tenciona se juntar à legislação que reprime a prática lesiva evidenciada na contratação de empréstimo sem que tenha havido nem demanda e nem autorização do tomador [de empréstimo]”, disse o relator da proposta na comissão, o senador Paulo Paim (PT-RS).

- Anúncio -
Leia também
×
App O Trabalhador
App do Trabalhador
⭐⭐⭐⭐⭐ Google Play - Grátis