Auxílio emergencial: veja grupo liberado para saque hoje

- Anúncios -

Os cidadãos que nasceram no mês de setembro podem realizar o saque do auxílio emergencial a partir desta sexta-feira (13). O valor médio que é pago para os desempregados é de R$ 250 enquanto o mínimo é de R$ 150 e o máximo é de R$ 375. 

Essa é a quarta parcela do programa emergencial e a última antes da prorrogação do Ministério da Cidadania por mais três meses. É estimado que o benefício seja cancelado a partir de outubro, visto que haverá o aumento do Bolsa Família: quem não conseguir emprego, deve fazer a migração. 

- Anúncios -

Uma medida provisória publicada na última segunda-feira (09), prevê que o BF seja aumentado em até 120 dias. Ou seja, tem o prazo máximo até novembro para sair de R$ 189, que é o valor médio pago, para R$ 300. 

O Bolsa Família também deve mudar de nome e passará a se chamar Auxílio Brasil. Dentro dele, o Ministério da Cidadania pretende dar foco para as crianças abaixo de 03 anos com pais que trabalham e precisam pagar a creche. O voucher terá o valor de R$ 200 e foi criticado por uma grande parcela de profissionais da educação por fugir da realidade dos reais preços que são cobrados pelas instituições privadas. 

Recebeu o auxílio emergencial indevidamente? 

Destaques sobre *** por e-mail

Aqueles que receberam o auxílio emergencial indevidamente devem fazer a devolução do programa através do portal do Ministério da Cidadania para que o valor não seja descontado dos seus benefícios do INSS até que a dívida seja quitada. Além disso, é possível que o cidadão seja processado por estelionato. 

  • Quando você receber seguro desemprego, aposentadoria, auxílio doença ou outro direito do INSS, terá o desconto de 30% nas parcelas até que a dívida seja totalmente paga. 
  • Ao devolver pelo portal da Cidadania, não é necessário pagar multas sobre os valores. 
  • A devolução também podia ser realizada através do site oficial da Receita Federal ou no Imposto de Renda. 
- Anúncios -
Leia também
×
App O Trabalhador
App do Trabalhador
⭐⭐⭐⭐⭐ Google Play - Grátis